Honda Civic Si – Esportivo de verdade

Agora com carroceria coupé, o Civic Si volta a cena, porém com preço de R$ 129.000 é preciso gostar muito do modelo e marca

Lançado no Brasil no final de 2014, o Honda Civic Si deixou de lado a silhueta de sedan para se tornar um genuíno coupé esportivo de duas portas, com visual agressivo e intimidador. Para completar o conjunto motor-transmissão é formado por um 2.4 litros aspirado, de 206 cv de potência a 7.000 rpm e torque máximo de 23,9 kgfm a 4.400 rpm, e câmbio manual de seis velocidades.

  • Esportivo aspirado é algo em extinção, mas o Civic Si resiste
  • Silhueta coupé com aerofólio traseiro
  • Vermelho no painel: esportividade
  • Motor 2.4 de 206 cv
  • Rodas aro 18 polegadas

Apesar de o motor ser maior e mais potente do que a versão anterior, que contava com um 2.0 litros aspirado de 192 cv, a aceleração do atual é mais suave e progressiva, diferentemente do 2.0 que dava um pico de torque aos 6.000 rpm, e dava sensação de mais potência.

Mesmo assim, o Civic Si é um carro referência para quem gosta de dirigir. Em relação ao anterior, ganhou embreagem mais macia, o que o torna mais agradável dirigir no trânsito intenso. .

Conforto
Internamente, o Civic Si chama atenção pela simplicidade. O painel conta com luz de fundo, e mesmo com uma tela de LCD de 5 polegadas, há poucas informações sobre o desempenho do carro. O destaque fica com o medidor de potência, que informa o percentual utilizado, e o indicador do momento ideal para a troca de marchas. A medida que a rotação sobe, um conjunto de seis leds acendem em sequência, quatro amarelas e duas vermelhas.

O único porém do modelo é a posição do extintor de incêndio, na parte da frente do assoalho do passageiro, o que impede esticar as pernas confortavelmente. Outra chatice é entrar e sair do banco traseiro, pois não há uma alavanca própria para isso e é preciso dobrar o encosto do banco da frente pelo mesmo sistema de ajuste de inclinação, e sempre que isso ocorre, ao voltar é preciso reajustá-lo.

Ao volante
O Civic Si é o tipo do carro fácil de se apaixonar, e de usar no dia a dia. A posição de dirigir é típica de esportivo, mas o banco do motorista conta com ajuste de altura, o que é bom para manobrar, apesar de o modelo contar com câmera de ré.

A aceleração é plena, mas o torque e a potência vem aos poucos, de forma crescente e contínua, e com relação de marchas curtas, em poucos segundos se está em terceira. O câmbio é suave e preciso, um convite para acelerar forte.

Bem balanceado, o carro possui excelente dirigibilidade, contorna curvas com facilidade. É diversão pura e como não há muitos instrumentos para distrair, o foco é no enorme conta-giros central e o indicador de troca de marchas. Apenas alguns segundos separam o primeiro led vermelho do segundo, e a perda do momento ideal provoca um tranco do corte de injeção.

Ficha técnica
Honda Civic Si
Motor: dianteiro, transversal, gasolina, quatro cilindros, 2.4l, 16V, DOHC, 2.354 cm³, 206 cv a 7.000 rpm, 23,9 Kgfm a 4.400 rpm
Câmbio: manual de seis velocidades
Tração: dianteira
Direção: assistência elétrica progressiva variável
Suspensão: independente nas quatro rodas, tipo MacPherson na dianteira e Multilink na traseira, com molas helicoidais, amortecedores a gás e barra de torção
Freios: dianteiros a disco ventilados e sólidos na traseira, com ABS, EBD, ESP, ASR e Hill Holder
Rodas e pneus: liga leve, 225/40 R18
Dimensões: comprimento, 4.550 mm; largura, 1.755 mm; altura, 1.415 mm; entre-eixos, 2.620 mm, peso, 1.359 kg, porta-malas, 330 l; tanque de combustível, 50 l
Desempenho: velocidade máxima, 231 km/h; aceleração 0 a 100 km/h: 7,9 s
Consumo PBEV – INMETRO: cidade: 8,3 km/l; estrada: 11,6 km/l